Você sabe o que é marketing digital e como aplicar para o seu negócio? Esse é um dos assuntos mais falados e não é por pouco: é barato, rápido e objetivo. Não se gasta dinheiro com panfletos que podem ser entregues para qualquer pessoa (inclusive para aqueles que não possuem interesse no que tem a oferecer).

 O oposto ocorre quando se trata do meio online: os logaritmos fazem com que o seu anúncio apareça somente para quem pesquisa sobre ele. 

Quem é que nunca pesquisou sobre um produto e logo depois disso só viu anúncios sobre ele? É simples: o Google ou Facebook tem o intuito de te vender porque recebe por clique, se mostra o que as pessoas têm interesse, as chances de vender são ainda maiores. 

Imagine que está pensando em comprar um livro sobre “marketing digital”. Logo depois de frequentar sites como Amazon ou Estante Virtual, irá receber anúncios somente sobre esse tema. 

Existem muitas formas de conseguir investigar o seu público alvo para que consiga ter o s resultados ainda mais efetivos. Você pode pesquisar através de formulários do FORMS ou de itens especializados no WordPress. 

Ao investigar o público alvo, é possível descobrir quais as formas de atingir o persona da melhor forma. Dessa forma, saberá como criar as melhores publicações nas redes sociais e as melhores formas de criar anúncios divertidos para eles. 

Por exemplo, imagine que está pensando em gravar um vídeo para seus clientes e é sobre receita: um vídeo sobre receita não deve ter o mesmo tempo que um debate de história. Quando é muito pequeno para o público, pode acontecer deles não entenderem o que desejam passar. Quando é muito grande, pode ser massante e cansativo para os clientes.

Como colocar em prática o Marketing Digital?

Mas, apesar dos benefícios, como colocar em prática o marketing digital? Existem muitos passos para que isso aconteça e se consiga os resultados desejados. 

Neste artigo, a agência Cembra irá te mostrar qual o passo a passo para fazer e conseguir ainda mais clientes. Portanto, continue a leitura para saber como e quando começar. 

Redes sociais é crucial

A cada segundo são milhões de cliques nas redes sociais. Todos estão presentes neste meio e devem crescer ainda mais. Tanto o Instagram quanto o Facebook, estão cada vez mais populares. 

Para isso, deve-se criar uma conta pública para que os clientes consigam compartilhar e consequentemente, divulgar o que está postando. Além disso, é necessário criar publicações interessantes que tenham a ver com o público que te segue. 

Por exemplo, imagine que tem um perfil sobre livros de história e filosofia. É interessante publicar assuntos que são polêmicos mas, ao mesmo tempo, não divulgar a opinião. Deixe apenas com que os seguidores divulguem a opinião deles e incentive que comentem para que a publicação tenha mais alcance. 

Ao expor suas opiniões políticas, pode fazer com que aqueles que discordem de sua opinião parem de seguir ou então, que achem o conteúdo chato por estar tentando impor uma ideologia. 

Crie publicações polêmicas e sempre peça para que os seguidores comentem o que eles pensam sobre o assunto. Dessa forma, irá incentivar para que haja mais diálogo. 

Outra dica é sempre postar imagens de qualidade. Se você vende um produto, procure sempre postar a foto real. De vez enquanto é possível encontrar atendentes e relatos como: “o cliente reclamou que o produto não é como o da foto!”

Para tirar uma foto do seu produto, seja o mais real possível. Todos sabem a decepção que é ir em um local que promete mil e uma coisas mas que na prática é tudo muito diferente.

Escolha uma cor que predomine o seu perfil. Não faça algo colorido em que todas as publicações são completamente diferentes em relação à paleta. É mais que necessário criar uma identidade visual para que sua marca seja sempre lembrada. 

Chamadas para ação

Como citado anteriormente, no marketing digital é necessário usar chamadas para ação. Elas fazem com que o leitor ou internauta dialogue com sua campanha. 

Você pode usar o Facebook ADS de várias formas, seja para conseguir mais curtidas em uma publicação, mais vendas ou até mesmo mais mensagens na caixa de entrada. A campanha deve ser programada para que chegue nos resultados esperados. 

Copywriting no Marketing Digital

O Copywriting se trata de ser persuasivo da melhor forma ao utilizar palavras e também entonação. Para isso, é necessário que tenha um excelente português e saiba usar figuras de linguagem como metáforas, eufemismos e comparações. 

Use palavras diversas mas que continuam trazendo sentido no texto. Outra dica é tentar rimar. 

Imagine que tem uma campanha de marketing digital para livros infantis que permitem que a criança escolha como o personagem da capa deve ser e há a possibilidade de duas legendas:

“Representatividade importa sim! Agora crianças negras podem ter o rostinho delas na capa do livro e se sentirão ainda mais dentro desta enorme aventura mágica e divertida. O incentivo à leitura nunca foi tão fácil!”

“Nossa editora permite que as crianças editem a capa dos livros para o personagem que desejam juntamente com a cor de pele.”

Não sente que a primeira opção parece ainda mais envolvente e divertida? Quando os temas são infantis, sempre é legal usar termos como “mundo mágico” e “representatividade”. 

Use a criatividade para fugir de todos os padrões. Não fique preso em uma única forma de escrever os textos e pense em como variar e ser diferente. 

A concorrência está cada vez mais acirrada. Portanto, é crucial que se saiba como se destacar no meio de tantas empresas que estão migrando para o marketing digital e o meio online. 

Em suma, o marketing digital surgiu já na década de 1990 e veio para ficar: o Facebook ADS e o Instagram estão cada vez mais robustos, ainda mais quando associados ao Google. 

E então, tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Comente com a gente!